domingo, 29 de novembro de 2009

OS DIREITOS INALIENÁVEIS DO LEITOR



A pouco e pouco, os livros foram entrando na minha vida, permitindo-me crescer, aprender, sonhar, viajar, conhecer pessoas, tempos e lugares distantes...

Hoje, não consigo imaginar como seria a minha vida sem eles.


E como as coisas boas desta vida devem ser partilhadas, senti a necessidade de partilhar convosco uma obra que me marcou imenso.

Neste post, não quis deixar de transcrever um excerto daquele que tem sido uma referência para mim, nestas questões da leitura: Daniel Pennac.

Aqui ficam os seus 10 direitos inalienáveis do leitor, para ler, reflectir e aplicar...

O direito de não ler.

O direito de saltar páginas.

O direito de não acabar um livro.

O direito de reler.

O direito de ler não importa o quê.

O direito de amar os “heroís” dos romances.

O direito de ler não importa onde.

O direito de saltar de livro em livro.

O direito de ler em voz alta.

O direito de não falar do que se leu.

Fonte: Daniel Pennac, Como um Romance, Ed. ASA, 1992, p. 155.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

CONCURSO: A MAIS BELA FRASE DE NATAL!


Meus colegas de eleição!
Portugueses, Portuguesas!
Francesas e Inglesas!
E Gente com coração!

É tempo de dizer, agitar,
reinventar palavras e ideias.
É agora que tudo deve acontecer.
Então nada mais fácil.
Peçam aos vossos alunos que escrevam uma frase
alusiva ao Natal.

Em Língua Portuguesa, Francesa ou Inglesa,
mesmo Chinesa ou Bulgara.

E depois é só começar.
Assim, algo belo e partilhado dará forma ao mais belo poema de Natal do nosso agrupamento!

Pormenores técnicos:
.Regulamento: consultem os Professores e estes o Professor José Brás;
.Tempo: agora porque logo, logo é Natal!
.Prémios: doce, cremoso, suave e eternamente divino.
.Júri: José Brás, Teresa Fernandes, Lúcia Monteiro, Olinda Braz e Padre Victor

domingo, 22 de novembro de 2009

REFLEXÕES DA JOANA SOBRE O TESTE DE PORTUGUÊS E AS VIAGENS TURÍSTICAS ATÉ À LUA


O MEU TEXTO DA PROVA ESCRITA DE PORTUGUÊS: VIAGENS ESPACIAIS!

Na primeira prova escrita de Português, fiquei surpreendida com o tema da composição. Inicialmente, não sabia o que escrever quando me deparei com o seguinte "Num texto bem estruturado, com um mínimo de duzentas (200) e o máximo de trezentas (300) palavras, elabora uma reflexão sobre a exploração das viagens espaciais com fins lucrativos, num futuro que se adivinha cada vez mais próximo.”
Para fundamentar o seu ponto de vista, recorra, no mínimo, a dois argumentos, ilustrando cada um deles com, pelo menos, um exemplo significativo."
Sempre tive o vício de no início dos testes de Língua Portuguesa, após receber o enunciado, ler o tema da composição, e vou ser sincera, nunca me senti tão em branco como com o tema deste teste. Enquanto fazia o resto das perguntas, pensava sempre no que havia de escrever, mas nada me passava pela cabeça, não me sentia nada à vontade para falar sobre explorações das viagens espaciais. Era um tema que não me interessava muito e para além disso tinha a cabeça noutro lugar, o meu namorado estava doente e eu não conseguia "atingir" a concentração de que necessitava naquele momento. Mas mesmo com todos estes percalços, gostei do resultado da minha composição, e por isso decidi colocá-la aqui:

“ Com a evolução constante em que o mundo se encontra é cada vez mais fácil realizar um sonho, que há cerca de cinquenta anos atrás ou talvez mais parecia impossível. Para que isto aconteça basta que as pessoas tenham uma boa situação financeira e tudo se torna possível!
Ir a Lua, por exemplo, há alguns anos atrás, era algo impensável, hoje em dia já se encontram vários milionários inscritos para fazerem uma viagem a este satélite.
Mas há coisas que não entendo. Como pode alguém ser tão egoísta e pensar apenas em si próprio, ir gastar imenso dinheiro para realizar uma viagem caríssima e não pensarem em ajudar as pessoas que todos os dias morrem com fome ou com doenças, porque não têm dinheiro para os tratamentos ou medicamentos? Não sei como pode haver pessoas tão cruéis que não se preocupam com os outros, nem com os problemas que preocupam a humanidade!
É incrível como hoje em dia o dinheiro compra tudo e permite a realização até das coisas mais incríveis!...
Não tarda muito, e até serão feitas construções em Marte, e/ou na Lua, e as pessoas que têm possibilidades começarão a ir passar férias, gastando imenso dinheiro.
Para mim, poder fazer uma viagem à Lua é um grande sonho, mas como não sou milionária e não posso realizar esta viagem, faço como o Fernando Pessoa ortónimo, sonho, deixo que a minha imaginação voe ate lá, permitindo que a minha alma vá ate à Lua, e um dia, quando for rica, como já fiz essa viagem em sonhos, ajudarei quem precisa.”
PUBLICADA POR JOANA, 12.ºBCT 10/NOVEMBRO/2009

Vai ao espaço da Joana do 12.ºBCT: http://www.mundodasfantasias.blogspot.com

CRISE AMBIENTAL NA OPINIÃO DE RUI RAMOS


CRISE AMBIENTAL

Na base da evolução humana está a pretensão de um qualidade de vida sempre superior, e uma das melhorias mais significativas ocorreu com a revolução industrial, com a descoberta dos combustíveis fósseis. Estes combustíveis, extremamente energéticos, permitiram ao Homem uma rápida obtenção de energia, mas sendo demasiado poluentes, até que nível esta relação recíproca compensou?
Assim que se verificou que estes métodos eram excessivamente poluentes, do mesmo modo se constatou o aumento do efeito de estufa, e também a destruição da camada de ozono devido a outros métodos industriais. Sabe-se hoje que a camada de ozono e o efeito de estufa são essenciais à existência humana nas quantidades correctas. A ciência prevê que estamos a sofrer alterações climáticas significativas, com tendência para se agravarem o que pode comprometer o futuro. E o que foi feito em relação a isso? Nada.
O Homem só reage em momentos avançados da evolução de qualquer problema. Recordemos que os efeitos de alterações climáticas que sofremos hoje se devem à poluição de há 50 anos atrás, ora durante este período a população mundial cresceu, o que implica um maior consumo energético. Como serão os efeitos climáticos daqui a 50 anos?
A ganância humana tem tendência a piorar esta crise ambiental, vejamos a renúncia chinesa ao protocolo de Quioto, e se na China apenas uma ínfima percentagem da população tem carro, imaginemos quando houver um carro para cada 5 chineses, será uma aberração!...
Digamos que a atitude humana perante o ambiente é um suicídio global. Imaginemos um fumador que sabe os malefícios do tabaco, não é viciado, mas insiste em fumar porque lhe dá estatuto. Comparando esta situação à crise ambiental vê-se um perfeito encaixe, arrisco-me a dizer que 40% do consumo energético será por puro comodismo.
A verdade é que, de facto, “we are digging our graves”.
Rui Ramos, 12.ºACT

"LÁGRIMA DE PRETA" DE ANTÓNIO GEDEÃO

sábado, 21 de novembro de 2009

EFEMÉRIDE II



O Dia Nacional da Cultura Científica, 24 de Novembro, instituído em 1997 para comemorar o nascimento de Rómulo de Carvalho e divulgar o seu trabalho na promoção da cultura científica e no ensino da ciência, celebra-se durante esta semana.

Se tens interesse pelo tema, navega pelo site http://www.cienciaviva.pt/semanact/

Até Breve!
J.B.

EFEMÉRIDE I

Num País onde tudo se comemora - às vezes por tudo e por nada - lembramos aqui um dos expoentes da Literatura Nacional que andará, para todo o sempre, na boca do Povo, literalmente. Quem não conhece a famosa Pedra Filosofal, por todos recordada pela voz de Manuel Freire?

Refiro-me, claro está, ao poeta e pedagogo António Gedeão.

1906 - Nascimento de António Gedeão  
Morre a 19 de Fevereiro de 1997
A 24 de Novembro de 1906, nasce, em Lisboa, Rómulo Vasco da Gama de Carvalho, professor, investigador e poeta. Como pedagogo, foi autor de inúmeras obras de divulgação científica e, como poeta, sob o pseudónimo de António Gedeão, escreveu conhecidos poemas como Lágrima de Preta e Pedra Filosofal.

Para a posteridade, e uma vez que  Pedra Filosofal é conhecidíssima de todos, deixo  Lágrima de Preta, um hino à simbiose entre a pedagogia e a poesia, sem esquecer o lado humano. Simplesmente Lindo!!!
Até breve!
J.B.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

SUGESTÃO DE LEITURA


Conheci Bernardo faz birra (de Hiawyn Oram e com ilustrações de Satoshi Kitamura, da Caminho) aquando da minha passagem por alguns blogs que sigo constantemente.
Achei piada ao título, até porque o que não falta hoje em dia por aí são birras... por tudo e por nada!!!
Sem ainda nada conhecer do seu interior, comecei a imaginar quais seriam as birras do Bernardo... Dei por mim a imaginar as minhas birras, as birras dos colegas, as birras dos alunos,... Enfim, um exercício de "brainstorming" super-divertido...

Pensei em comprá-lo, mas está difícil...

Se, por acaso, alguém o encontrar por aí, faça o favor de avisar. Se o encontrar, prometo falar dele aqui.
Curioso? Bastante..
Até breve!
J.B.

domingo, 15 de novembro de 2009

PROJECTO AJUDAR!



A par do que tem vido a acontecer em anos lectivos anteriores, mais uma vez, chegou a hora de prestar alguma atenção aos outros. Mais precisamente aos alunos do nosso Agrupamento que, por variadíssimas razões, precisam de mais um pouco para se sentirem mais felizes no Natal que se aproxima.
Assim, srs. Professores, alunos e funcionários das escolas do nosso Agrupamento é chegada a hora de doar aquele casaco em bom estado, mas que já não quer usar, a camisola vermelha ou azul que lhe ocupa a cómoda que está a abarrotar, as sapatilhas e o que o seu coração quiser partilhar!
Os cartazes vão aparecer nas escolas do Agrupamento!
Procedam como nos anos anteriores.
Vão ver que não dói nem custa nada!

ENTREVISTA OU ENTREVISTADO? OS GATOS FEDORENTOS!

sábado, 14 de novembro de 2009

INÉRCIA OU DESCONHECIMENTO?

Boa noite, meus amigos e amigas...

Hoje dei por mim a pensar que a ausência sistemática de comentários às várias mensagens publicadas no blogue pode ser sinal de uma situaçao preocupante.

Por um lado, inércia: se assim for, significa que os "bloguistas" andam distraídos, não querem saber da nada, andam na blogosfera por ver andar os outros... Isso é mau, amigos... O blogue foi criado para vós, com muita dedicaçao... No mínimo, algum comentário... é sempre bom perceber que há receptores do outro lado...

Por outro lado, desconhecimento... Será de crer que o pessoal da escola nao sabe da existência deste blog? Não acredito... Há aqui muitas horas de dedicaçao...

Aqui fica o repto. Espero que alguém tenha a coragem de dar o primeiro passo... Este blog, sem vós, não existe...
Quero ouvir/ler sugestões, críticas (desde que construtivas...), enfim...

Aguardemos, como se diz na minha terra!

Um abraço
José Brás

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

A MINHA MENSAGEM PARA VÓS...

Nao tive oportunidade de o fazer mais cedo... Peço desculpa por isso. Mas aqui fica o meu desabafo, pela boca do Ary, para todos aqueles que estudam e vivem o Agrupamento.
Um abraço para todos!
José Brás

APRENDER A ESTUDAR

Estudar é muito importante, mas pode-se estudar de várias maneiras...
Muitas vezes estudar não é só aprender o que vem nos livros.

Estudar não é só ler nos livros que há nas escolas.
É também aprender a ser livres, sem ideias tolas.
Ler um livro é muito importante, às vezes, urgente.
Mas os livros não são o bastante para a gente ser gente.
É preciso aprender a escrever, mas também a viver, mas também a sonhar.
É preciso aprender a crescer, aprender a estudar.

Aprender a crescer quer dizer:
aprender a estudar, a conhecer os outros, a ajudar os outros, a viver com os outros.
E quem aprende a viver com os outros aprende sempre a viver bem consigo próprio.
Não merecer um castigo é estudar.
Estar contente consigo é estudar.
Aprender a terra, aprender o trigo e ter um amigo também é estudar.

Estudar também é repartir, também é saber dar o que a gente souber dividir para multiplicar.
Estudar é escrever um ditado sem ninguém nos ditar;
e se um erro nos for apontado é sabê-lo emendar.
É preciso, em vez de um tinteiro, ter uma cabeça
que saiba pensar, pois, na escola da vida, primeiro está saber estudar.

Contar todas as papoilas de um trigal é a mais linda conta que se pode fazer.
Dizer apenas música, quando se ouve um pássaro,
pode ser a mais bela redacção do mundo...

Estudar é muito mas pensar é tudo!

José Carlos Ary dos Santos, Obra poética, Ed. Caminho

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

HELP! THE BEATLES




Já que a recepção aos novos professores do Agrupamento se realizará no próximo dia 11 de Novembro, Quarta - feira, com passeio à tarde em torno das aldeias concelhias, um "Porto de Honra" na "Nossa Senhora do Amparo" e um jantar na Escola Dr. Ramiro Salgado, o Departamento de Línguas deixa aqui o desejo de uma excelente estadia a todos os colegas.

Para que o dia seja pleno, não esqueçam que esse é também o dia da celebração do S. MARTINHO! CASTANHAS E VINHO! O último só mesmo na noite da aldeia mais famosa deste dia - Maçores.